Quer se tornar usuário do cartão Inter? Veja 4 dicas para conseguir obter o produto com boas condições!

Ter um cartão de crédito atualmente pode representar uma grande liberdade e autonomia, não apenas no poder de compra, mas também na quitação de eventuais despesas. Afinal, com um uso consciente, este produto pode se tornar um forte aliado no equilíbrio e organização da vida financeira. Boas alternativas não faltam no mercado, cada uma com uma característica própria. 

Anúncio

Especialmente os cartões oferecidos pelos bancos digitais têm conquistado o coração de cada vez mais brasileiros nos últimos anos. Afinal, eles oferecem funcionalidades inovadoras com excelente custo-benefício e ampla variedade de recursos completos para os usuários, conforme o perfil de cada um. 

Nesse sentido, o cartão do Inter está entre os mais disputados. O produto apresenta uma alta demanda de solicitações e faz sucesso entre os consumidores. Se você quer conseguir obtê-lo, saiba que não é tão difícil. Confira aqui abaixo algumas dicas importantes disponibilizada pela própria instituição para facilitar a aquisição do seu:

Anúncio

1 – Receba o seu salário na conta do Inter

Realizar a portabilidade de salário ou cadastrar a conta digital do Inter na empresa onde você trabalha, garante uma boa vantagem na sua relação interna com o banco. Afinal, ao receber a sua remuneração pela conta da fintech, esta consegue conhecer muito melhor o seu perfil de renda, consumo e movimentação.

O processo de portabilidade pode ser feito de maneira super prática tanto pelo aplicativo quanto pelo Internet Banking, de onde você estiver. Em ambos, será necessário preencher um formulário com as informações da sua empresa e da instituição de origem. O prazo para que o pedido seja processo é de apenas cinco dias úteis, a partir do recebimento da solicitação.

2 – Faça investimentos no banco

Outra ação que pode ajudar bastante a conseguir um cartão com um bom limite de crédito no Inter é investir na plataforma do banco e opções para isso não faltam. Se você tem uma graninha guardada e quer deixá-la rendendo, a instituição oferece modalidades diversas de: Renda Fixa e Variável, fundos de investimento, previdência privada e poupança.

Anúncio

Além disso, fazer esta aplicação do dinheiro também permite que a fintech conheça mais sobre você e sobre o seu próprio perfil de crédito. Vale a pena considerar esta alternativa!

3 – Mantenha seus dados cadastrais atualizados

Pode parecer um detalhe pequeno, mas conservar os seus dados sempre atualizados proporciona ao banco uma possibilidade de comunicação melhor com você. Então, se tiver mudado de telefone, endereço e, principalmente se houve alteração na sua renda, atualize as suas informações junto à fintech.

Anúncio

É super simples e pode ser feito pelo próprio aplicativo: no menu, toque no botão denominado “Atualização Cadastral”. Depois, selecione a informação que deseja atualizar e clique em continuar. Por fim, basta autenticar a atualização pelo token. Simples, rápido e prático!

4 – Conserve o orçamento em dia

Esta é a dica mais importante da lista e tem muita relação com o score de crédito. Afinal, para garantir um bom produto desses, é preciso ter uma pontuação de crédito atrativa. Então, é necessário estar com o CPF sem restrições no SPC e Serasa. Para isso, mantenha seus pagamentos em dia e procure não gerar dívidas para que o seu score não diminua. Esta responsabilidade com a vida financeira também proporciona mais credibilidade para você.

Fonte: Seu Crédito Digital    –  Imagem da capa: Vecteezy (Foto Editada)   /   Imagens de dentro da matéria: X

Anúncio
Anúncio