Negativado? Conheça 3 opções de cartão de crédito para 2020

A pessoa que acaba tendo seu nome negativado tem muitas dificuldades na hora de obter crédito. Ainda mais quando o assunto é cartão de crédito. 

Todos sabemos que obter um cartão crédito no momento em que se está negativado, e até mesmo conseguir empréstimos, não é nada fácil. Isso porque quando uma solicitação de cartão de crédito é feita há análises do histórico de pagador do solicitante.

Essa análise é feita pelos órgãos de proteção ao crédito. A partir desse momento, se perceberem pendências no CPF, as chances de aprovação diminuem consideravelmente.

Para lidar com essa questão, alguns bancos e financeiras disponibilizam aos clientes opções de cartão de crédito com fácil aprovação. Alguns desses bancos contam, aliás, com soluções muito velozes e práticas, como a requisição pela internet, zero taxas, saques gratuitos, entre outros.

1 – BMG Card Mastercard

O cartão de crédito consignado tem como foco os servidores públicos, aposentados e pensionistas. Os que desejam pedir o BMG card não passam por análise de crédito alguma. Quando o cliente é aprovado fica isento de taxas e também fica isento de anuidade.

O que achou? Se você for funcionário público não perca essa oportunidade, acesse o site do Banco BMG e conheça mais informações!

2 – Meu Pag!

O cartão de crédito Meu Pag! Tem o hábito de realização muitas aprovações de pessoas que tem um score de crédito baixo. São inumeras as vantagens que o Meu Pag! Disponibiliza. Conheça algumas delas:

  • Taxas zeradas;
  • Zero anuidade;
  • Saques gratuitos e sem limite na rede Bando24Horas;
  • Transferências por TED liberadas sem custo

Quem tiver interesse podem pedir o seu pelo site Meu Pag! ou pelo app, que está disponível para Android e iOS.

3 – Cartão Caixa Simples

O cartão de crédito consignado Caixa Simples é oferecido como uma oferta da Caixa Econômica Federal. Não há consulta ao SPC e Serasa, aposentados e pensionistas do INSS com até 75 anos podem se beneficiar de diversos benefícios.

Com o Caixa Simples, parte da fatura é descontada através, diretamente, do benefício. Quanto a taxa de juro, o valor atual é de 2,70% ao mês para uso do rotativo. Fora a isenção da anuidade, o cartão caixa simples possibilita o saque de até 95% do limite que se encontra disponível em dinheiro.

Aqueles que estiverem interessados em pedir devem se dirigir a uma agência da Caixa e levar dos seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de residência e extrato do benefício. 

Fonte: editalconcursosbrasil fotos: boletiminformativo unum

Caixa Econômica libera Auxílio Emergencial ainda essa semana para novos cadastros!

A Caixa divulgou no sábado (13) que efetuará o pagamento do auxílio emergencial para 4,9 milhões de novos cadastrados na próxima semana. O repasse de valores relativos ao benefício vai movimentar mais de R$ 3,2 bilhões.

Por terem sido admitidos no programa há pouco tempo, esse grupo receberá a primeira parcela do benefício. Pelo agendamento anunciado pelo banco, o crédito será feito na conta desses brasileiros na próxima terça-feira (16) e quarta-feira (17).

Na terça-feira, a previsão é o recebimento por aqueles nascidos entre janeiro e junho. Já na quarta-feira será a vez das pessoas com data de nascimento entre julho e dezembro. Os beneficiários poderão movimentar digitalmente os recursos utilizando o aplicativo Caixa Tem, que permite transações e pagamentos com QR Code.

Já o saque em dinheiro deverá seguir calendário próprio, iniciando em julho e variando a cada dia segundo a data de nascimento.

De acordo com a instituição, a definição de datas específicas segundo o calendário fixado pelo Ministério da Cidadania foi adotada para evitar aglomerações nas unidades de atendimento. No início do pagamento do auxílio, foram registradas longas filas em agências da Caixa em diferentes cidades do Brasil.

As datas para o recebimento da segunda parcela ainda não foram anunciadas pelo Ministério da Cidadania e serão informadas posteriormente pelo órgão.

Fonte: via

IMPERDÍVEL! Santander garante o aumento do limite do cartão de crédito para seus clientes

Pelo Brasil esta vivendo um cenário de possível crise econômica, o Banco Santander garante o aumento do limite do cartão de crédito para seus clientes. A medida integra um pacote de ações voltadas para diminuir os impactos causados pelo novo coronavírus (Covid-19).

Todos que utilizam cartões do banco, sejam eles correntistas ou não, e que estejam com as faturas em dias, terão os limites aumentados. O valor pode chegar a 10% e ser confirmado nos próximos dias.

“Neste cenário de incertezas e preocupações, é fundamental zelar pela segurança de todos e dar mais tranquilidade ao cliente na gestão de suas finanças”, disse o presidente do Santander Brasil, Sérgio Rial.

Como saber se o Santander aumentou o limite do meu cartão?

Para consultar se o limite do seu cartão de crédito aumentou, basta entrar no aplicativo de gestão de cartões. O Santander Way está disponível para download em smartphones e tablets com sistemas operacionais Android e iOS.

“O aumento do limite do cartão de crédito, por exemplo, é uma medida que permite jogar para a frente o pagamento de algumas despesas. O que pode fazer a diferença para quem já teve o orçamento afetado pelas mudanças na conjuntura econômica”, concluiu Rial.

Outras medidas contra crise sanitária

Diante à situação de calamidade pública, bancos têm adotado medidas para facilitar o acesso e garantia monetária dos seus clientes.

Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), bancos tradicionais divulgaram a possibilidade de prorrogar as dívidas de seus clientes. O prazo acordado é de 60 dias.

A medida vale para pessoas físicas e micro e pequenas empresas. Além do mais, será ofertada pelo Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Itaú Unibanco e Santander

A facilidade se aplicada aos contratos já existentes. Além disso, cada banco irá definir os critérios e linhas de crédito passíveis de prorrogação. Inicialmente, a abrangência é de para linhas de crédito pessoal (CP), preventivo, direto ao consumidor (CDC) e imobiliário.

Para pedir a prorrogação, o cliente deve entrar em contato com o banco. A medida não é válida para boletos de consumo geral, como água, luz, telefone e e tributos.

Fonte: Edital Concursos Brasil